Fascinação & Tédio

Tenho alguns amigos curiosos que sempre me pedem para assistir uma gravação em estúdio. Minha resposta, em todas as vezes, é: "tem certeza"?

Por se emocionarem com o produto finalizado, pensam (erroneamente) que o processo é o mais fabuloso possível: coisas incríveis sendo criadas automaticamente, como se coelhos pulassem da cartola a cada compasso tocado. Puro glamour.

Mas, a verdade é que uma gravação geralmente é muito entediante para aqueles que não participam do processo. Às vezes é entediante até para os envolvidos, então imagine para os "de fora".

Às vezes, as idéias sensacionais que ouvimos nos CD's são fruto de um exaustivo processo de lapidação, e realmente demoram para aparecer. Quanto mais criterioso o trabalho, menos as pessoas envolvidas se contentam com o que aparece primeiro. Alguns produtores procuram até gravar os instrumentos separadamente, para que cada um possa receber a atenção devida, sem sobrecarregar os demais músicos.

E isso, obviamente, leva tempo.

Quando comecei a gravar, minha esposa pediu para que eu a levasse no estúdio. Quando ela percebeu como funcionava o trabalho, se arrependeu na hora. Acabou dormindo em um sofá, e nunca mais fez esse pedido de novo.

Depois que todo deslumbramento com as luzes, equipamentos, e design do estúdio acaba, o que resta é bem chato para os que estão de fora, e é com esse "resto" que nós trabalhamos.

Por isso, pense 2 vezes antes de pedir para ir assistir a uma gravação. Ou certifique-se que tem algum boteco perto do estúdio.

Abraço,

Claudio

Comentários

Eu continuo querendo participar de uma gravação! hehehe mas é pq tenho vontade de aprender mesmo.. tenho até contade de aprender algo na area do luthier.. só não sei se vou conseguir me "relacionar" bem com as maquinas.. enfim! ja gravei uma faixa (só uma mesmo) com uma antiga banda, e ficamos desde as 10h da manha até 6 da tarde.. foi cansativo, mas ao mesmo tempo mto bom

Postagens mais visitadas